Ninho de Cobras

   Como uma criança, retirada de sua segurança, de seu abrigo, onde se encontram apenas ela e as pessoas que a rodeiam, que são somente aquelas que a amam verdadeiramente, sente o trauma irreversível de ser atirada a este mundo selvagem, repleto de falsidades convenientes, de mentiras absurdas, de mentes persuasivas e corruptas, empesteado por uma maldade inexplicável, cujos danos são inevitáveis, eu não sei dizer o tamanho da minha dor ao perceber que me encontro, na maior parte do tempo, em um verdadeiro e funesto ‘ninho de cobras’. A estabilidade do meu mundo, assim como a proteção das pessoas que me amam, se foram simplesmente. Não fui eu que fui embora, tão preguiçosa que sou, este mundo confortável foi quem fugiu de mim, num ímpeto, sucinta e repentinamente, no pretexto de ensinar-me o que a vida é realmente.
   São raras as vezes agora que sua solidez me abarca, raras as vezes em que posso me deixar desabar e desabafar e chorar em um ombro confiável e sincero, sem receio, sem covardia. Tão raro quanto, é encontrar, esbarrar em alguém digno de pertencer a esse meu mundo seguro e pacato (e fugitivo) neste mundo podre e hipócrita. Não sei quais as palavras mais corretas que eu poderia usar, ao notar que é este o mundo, podre e hipócrita, que eu tenho para chamar de lar. É pavoroso saber que, estar envolta de amor, segurança e sinceridade, agora virou um luxo, o qual pouquíssimas vezes eu tenho a graça de usufruir.
   Pra falar a verdade, eu só queria saber, queria apenas entender, por que diabos as pessoas mentem. Por que elas fazem deste mundo em que inevitavelmente vivemos, um inferno pegajoso, por que o lotam de mentiras, calúnias, traições, uma vez que não é difícil ver que todos, inclusive elas próprias, sofrem e sentem a dor amarga de enganar e ser enganado ?
   Quanta burrice, quanta malícia e quanto fingimento presencio, do momento em que acordo, até a hora em que me deito. Quanta vontade de gritar. Quanta vontade de ir embora !

Comentários

  1. algumas pessoas metem por medo ,ou por conveniencia achando q estao fugindo da realidade ,mas as menteras fazem com q nossa realidade seja ssim

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Ano Três