Postagens

Mostrando postagens de Março, 2010

I'd like...

I'd like to know you better,
I'd like to understand you,
I'd like to believe you,
I'd like to have you.

I want you to think of me,
I want you to want me,
Cuz maybe, I just can't stop thinkin of you,
And, maybe, all I want is you...

Maybe I'm fallin' in love...
I'd like you to fall in love with me too...
Maybe someday I'll tell you I love you...
Maybe someday I'll tell you I need you...

Love With Him.

Now I see what you did to me.
Now I can feel the consequences of it.
Now it’s so hard to believe anybody.
It’s so hard to find myself in love.
Now I just can’t let myself dream anymore.
Now it’s just too hard for me to believe in things that are too good for truth.
Now I’m afraid of feelings… Now I’m afraid to get hurt again.
But, though I am this way, I can’t control my heart.
And all I know is that I’m in love again.
And that his words sound just perfect… Because, sometimes, they sound like yours.
And he says he is in love with me, just like you used to say.
And he says he is mine, just like I used to think you were.
But there’s one difference: he’s real.
And he makes me feel safe.
And I don’t feel like he’s lying to me,
I’m just too afraid to believe…
To believe that love were also made for me,
And that, maybe, I really found it, this time…
Maybe I can really call him mine.
And, well… I just can’t stop thinking about him.
A…

Eu aprendi…

...que ignorar os fatos não os altera;
Eu aprendi...
...que quando você planeja se nivelar com alguém, apenas esta permitindo que essa pessoa continue a magoar você;
Eu aprendi...
...que o AMOR, e não o TEMPO, é que cura todas as feridas;
Eu aprendi...
...que ninguém é perfeito até que você se apaixone por essa pessoa;
Eu aprendi...
...que a vida é dura, mas eu sou mais ainda;
Eu aprendi...
...que as oportunidades nunca são perdidas; alguém vai aproveitar as que você perdeu.
Eu aprendi...
...que quando o ancoradouro se torna amargo a felicidade vai aportar em outro lugar;
Eu aprendi...
...que não posso escolher como me sinto, mas posso escolher o que fazer a respeito;
Eu aprendi...
...que todos querem viver no topo da montanha, mas toda felicidade e crescimento ocorre quando você esta escalando-a;
Eu aprendi...
...que quanto menos tempo tenho, mais coisas consigo fazer.
(Boa noite , Amor )William Shakespeare

Se pudesse…

Se pudesse o céu ser feito da sua beleza
Não haveria no mundo solidão
Não haveria vestígio de escuridão
Não haveria espaço pra tristeza

Se do seu sorriso fosse feita a vida
Se do seu sorriso fosse feito o homem
Em cada ser que se esconde
Seria espaço para a alegria

Se pudessem as flores ter sua essência
E os ventos terem sua delicadeza
E as águas sua singeleza

E se os povos seguissem suas tendências
E você enfim notasse que é tão diferente de outras tantas
Entenderias por que tanto me encantas

No Verso da Folha…

Meu doce sonho não há de se tornar
Mais do que um amargo e eterno tormento
O tempo com a dor passa tão lento
Ah, se eu pudesse parar…De início, meus olhos fechados só enxergavam
A beleza das palavras que ali estavam
Beleza que se foi, quando eu decidi acordar
E perceber as verdades que todos já falavam
Ah, se eu pudesse parar…Se eu pudesse parar de te querer, só eu sei
Como eu desejo poder te esquecer, só eu sei
A dor de saber que jamais te terei, hoje eu sei
Meus sonhos nunca foram sinceros
Meus sonhos deixaram de ser belos
Depois que eu acordei…

Ainda que falsas, lembranças tuas
Tão cedo não me deixarão
O que me resta são esperanças nulas
O receio de encontrar outra paixão

Teu rosto e tua voz me inundam enquanto o sol nasce
Embora eu saiba que ilusões não te trarão ao meu mundo
E quaisquer que sejam as voltas que o destino trace
Também sei que nunca se pode ter tudo
Sei que nunca estaremos juntos…

Letter

Eu só consigo escrever sobre você… Eu só consigo pensar em você. Às vezes, durante meu dia, alguma lembrança mais forte me toca, eu estremeço. Lágrimas em meus olhos. Eu disfarço, olho pra baixo, ninguém percebe o que acontece. Não são todos que vêem por trás de um sorriso. Há pedaços de você em cada coisa que eu faço, cada palavra que eu digo, em tudo o que eu penso, em qualquer lugar que eu vá, você está lá, dentro de mim. Minha rotina me faz lembrar você. A quebra dela também. Não há saída; eu quero te odiar, eu quero te esquecer, mas, honestamente, eu não sei o que fazer. Eu não quero mais escrever pra você. Eu não quero mais pensar em você. Eu não consigo parar, e a única pessoa que consigo odiar por isso sou eu.
Por favor, me deixe em paz, vá embora dos meus sonhos, eu não quero mais chorar ao ouvir as músicas que eu gosto e que sempre me fizeram/fazem pensar em você. Eu não preciso de você, e eu sei que posso viver sem você, pois é isso que tenho feito, e só agora eu …

Necrophilia

He was there watching while I was being buried;
Death came so early, we were going to marry;
He said he didn't love me, I guess he loved my body;
He came back to cemitery...
He came back to cemitery...

Necrophilia, sweet necrophilia;
I’m jealous ‘cause now he’s kissing my dead lips…
Necrophilia, sweet necrophilia;
I’m dead, but now he’s touching my hips, he’s touching my hips…
Necrophilia, I wish I could feel this…
Oh, why can’t I feel this ?

He didn’t want me while I was alive
Necrophilia sounds like love this time
Since the start, I knew he should be mine
I can’t feel him, but that’s all right
He’s making me his girl tonight
He’s making me his girl tonight

Not My Owner

Don’t think of me as your girl.
Everytime I try to go away, I try to leave you ‘cause I know you’re not good for me, you just control me, you got me on your hands, you know it, you control me, you never let me go, you make me feel like I need you and like you need me.
You lie to me, and I know it, but you make me feel like I SHOULD believe your lies.
It’s so confuse.
I’ll get over you, I don’t need you and I get just fine when I don’t feel stuck on you. You can’t be my owner.
No, you’re not my owner. You gotta let me go now.
I’m done. I’m sick of it.
I’m doing better without you.
You were not made for me. I wasn’t made for you.
You never loved me, I never needed you. I just thought I needed. I’m trying to convince myself that I was wrong all the time.
You’ll be out of my life quite soon, at least I hope it.
I know you don’t think of me, and I’m starting to forget you. Yeah, everyday, I forget you a little more, and love you a little less.����…

A Última Madrugada

Imagem
O vento gélido alvoroçava meus cabelos, presos próximos a minha nuca, ao passo que soprava gentilmente nos fios de cabelo dela, iluminados pela luz do sol que ainda estava nascendo. Ela estava parada, diante de mim, elegante e simples, como sempre foi. Encarei meu reflexo no manancial.Aproximei-me e pude perceber seu olhar distante e cansado, o corpo levemente curvado para frente. Pensei em tudo o que ela havia granjeado... Era natural que estivesse fatigada. Entretanto, ela desejou me acompanhar.Deitei meus olhos no tremor de seus lábios devido ao frio típico de todas as madrugadas de nossas vidas, descendo-os para observar o manto azul claro que a cobria, e os seus dedos entrelaçados em um pedaço desfiado da manta, que brincavam da mesma maneira que gostavam de brincar entrelaçados em meus cabelosEnlacei nossos braços como nas vezes que caminhávamos pelas ruas e esquinas, contando nossa passada e rindo de situações que éramos submetidas, rindo de todos... Rindo da vida.Caminhamos si…

A Voz

"Então, acho que acabou", ele disse. Suas palavras ásperas me dilaceraram por dentro, como os dentes de um leão faminto dilacera sua vítima. Sua voz que antes eu ouvia sussurrada em meus ouvidos, que antes me era doce e terna, e representava calmaria e paz de espírito, que sempre me entendia e me abraçava com força, enxugando meu pranto, agora tentava disfarçar a amargura típica de todo fim, com um tom monótono, quase desprezível.
Recordo-me da primeira vez que escutei aquelas três palavras tão belas, e ainda assim tão assustadoras, ao tom da voz que eu tanto amava.. "Eu te amo".
Foi a primeira vez que eu tive certeza de que estava viva. Aquela voz de domingo de sol, de noite enluarada, voz de primavera, com cheiro de grama molhada, agora me estilhaça por dentro, lançando a mim um fogo de raiva, de traição, de incompreensão. Um fogo que gela, o fogo de um final incompleto. Um final que jamais estará completo.
Como se, não satisfeita em expressar apenas as palavras dit…

Epifania

Ele fechou os olhos cansados, tomando o cuidado de não adormecer. Aumentou o volume do rádio que tocava um CD com um repertório exclusivo ao gosto dele.
A música entorpecendo-lhe-ia os entidos, fazendo-o esquecer-se do mundo que o rodeava. Seu cérebro recusava-se a projetar qualquer outro som que não fosse o de sua música. Mexia os lábios acompanhando a letra, sem a necessidade de usar sua voz.
Como mágica, num segundo em que ele estava onde estava, no outro encontrava-se de volta no seu baile de formatura, sentado, com um copo de cerveja na mão. Uma bela menina dançava diante dos seus olhos. Seus cabelos eram castanhos avermelhados, curtos, medindo até um pouco abaixo das orelhas, seus olhos verdes se destacavam em sua pele morena. O vestido verde-claro que ela vestia, parecia ter sido feito para ela, para o modo como ela dançava. Balançava-se sozinha e olhava para ele. Ele a olhava de volta.
Ele se levanta para ir até ela e pedir-lhe um beijo. Sentia-se confiante, o que não era usual. …

Inevitável

Eu disse que não voltaria. Eu prometi pra mim mesma que nunca mais.
   E eu bem tentei, eu juro… Mas eu sou fraca. Eu nunca consegui cumprir uma promessa feita a mim mesma. Nunca consegui me manter firme na decisão certa. E como seria diferente agora ?
   Seus lábios nos meus, envolvidos num abraço, perdão, mágoa, saudade, medo. Por quem mais eu deveria viver ?
   Que posso eu fazer ?
   Ah, como eu me odeio por precisar tanto que ele exista em minha vida. Como eu o odeio por dizer que precisa de mim também. E como eu odeio o fato de tudo ser tão complicado, quando poderia ser tão simples. E como dói não conseguir deixar de viver viver apenas pela esperança de esquecê-lo, ou de tê-lo inteiramente, enfim.
   Eu queria não precisar deixá-lo ir, ou poder partir com ele. Mas o mesmo sopro que o trouxe de volta, o levou pra longe de mim... De novo.

Olhos fechados, braços cruzados

Eu tentei sair e buscar por um lugar onde eu pudesse me esconder, fugir de mim para poder pensar, para não perder as forças e não querer deixar de lutar. Mas você me aprisionou. Você acorrentou meus pulsos ao seu coração, trancou-me dentro deste amor.
   Eu nunca conseguirei ser feliz presa assim. Nunca te farei feliz também. Suas provas de amor são celas que servem apenas para garantir que eu não te deixe. Isso só me incomoda, só me faz querer partir. Quem é que não deseja ir embora quando se sente amarrado ?
   Seus doces beijos amargam minha boca, então preciso cortá-los. Seus abraços não me deixam respirar, então preciso me esquivar. Seu olhar me intimida e me cobra um amor que morreu afogado em suas próprias lágrimas, então preciso mentir para não te magoar, pois minhas palavras sinceras, aquelas que dizem o que realmente se passa dentro de mim, são lâminas afiadas, e você não saberá manuseá-las, e eu sei que elas te ferirão.
   Meu amor por você costumava ser como …

Como posso dizer…

“Eu te amo”, se não posso te amar ?
   Não, eu não posso te amar, e é por isso que estou fugindo. Estou indo embora, porque amar você não é… Certo.  Eu nem ao menos sei porquê não é certo, mas é o que eles dizem, então eu tenho que aceitar.
   Desculpe-me. Dói em mim, imagino que doa em você também, mas doerá muito mais se nós nos prolongarmos; fazem dois meses que estamos dizendo adeus. Alguém tem que ir embora, em algum momento.
   Pois bem, serei eu. Embargada, afogada em tanto medo, em tantas dúvidas… E eu me pergunto se essas dúvidas, essa insegurança, essas incertezas, deveriam existir num coração que ama de verdade
   E se eu não te amo ? E se eu apenas penso que te amo ? E se eu te amo, mas esse amor simplesmente não é… Suficiente ? E se o amor, em todo e qualquer caso, for apenas uma ilusão, algo que o homem inventou para dar algum sentido à sua existência medíocre ? E se o amor não existir de verdade ?
                                                  …

Último Golpe

Não confia em mim, está bem, pode ir. Não precisa ficar jogando. Não precisa ficar me testando. Se você gostasse de mim, como gosto de você, não teria feito o que fez.
  Nunca devia ter posto em dúvida o que eu sinto. Eu preferiria uma bala em meu coração.
  Eu já te disse, você é livre. Por amar você eu sei que não posso te prender a algo tão inconsistente. E por amar você, eu me prendi a tal sentimento, mesmo proibida.
  E você sabe de todos os meus riscos, você sempre soube. Mesmo assim, mesmo não te tendo por inteiro, e mesmo me arriscando tanto para ter parte tão pequena, você ainda duvidou… Quando mostrou sua incredulidade em meus sentimentos, mostrou que minha palavras nada significavam para você. Eu, que sou feita de minhas palavras, e apenas delas, logo não sou nada para você.
  Está bem, é assim que será. Apenas saiba que eu não estaria aqui se não fosse pelo que sinto. Não insistiria tanto se não acreditasse em você.   Mesmo em momentos em que pareceu que n…

Odeio..

Imagem
Eu odeio o jeito que você acha que eu te amo.
Eu odeio o jeito que você segura a sua guitarra... Tão seguro ! Só porquê você faz isso há 16 anos ? Só porquê há 16 anos, eu nem tinha nascido ?
Eu odeio o jeito que você me ama.
Eu odeio o jeito que você acha que eu preciso de você.
Eu odeio o jeito que você me faz ficar, toda vez que eu tento por um fim.
Eu odeio quando você sente ciúmes ao me ver falar com algum garoto.
Eu odeio quando você não é homem o bastante para assumir seus erros.
Eu odeio o jeito que você disfarça o seu ego enorme.
Eu odeio o jeito que você mente. Você esfrega na minha cara que me acha uma total idiota.
Eu odeio quando você não consegue me fazer acreditar em você.
Eu odeio o jeito que você tenta brigar comigo.
Eu odeio o jeito que você faz com que eu me sinta.. Como se eu fosse culpada por ficar magoada.
Eu odeio como você consegue me machucar. Eu odeio sentir sua falta. Eu odeio não ter notícias suas. Eu odeio o jeito que você existe. Eu odeio o jeito que você brinca com as m…

Como começar.. ?

Imagem
Bem, pra começar, eu sou egoísta, tola, sensível, grosseira e muito lerda. Tenho mania de ficar escrevendo "enfim", "bem" e "então". Encho minhas frases com essas palavras, principalemente no início, fato. O que tenho a dizer é que escrevo, na maioria das vezes, de acordo com o que realmente sinto. Prefiro escrever em inglês, porque as palavras soam melhor na minha cabeça. Eu penso em inglês.
Antes que eu me esqueça, eu não prestei muita atenção nas aulas de português sobre o uso correto dos "por quês". Sério, vivo errando essa merda.
Nem tem muito o que falar sobre mim, apenas que eu vivo pela música, eu vivo de música... Sim, música é a minha vida, fato ! E de resto, pouco interessa quem eu realmente sou; aqui eu serei quem eu quiser e... Honestamente, não acho que alguém vá ler qualquer coisa escrita aqui, e, se algum dia, eu ver algum comentário, acho que choro de emoção ! Haha
De qualquer forma, eu estou acostumada a escrever apenas para mim m…