Os teus olhos, ocultos
- Vêem…
Os teus olhos, ausentes
- Vêm…

Amores que deixamos,
Findaram por findar.
Esvaem-se os encantos.
Em um “adeus”
nos encontramos…

Tua figura, vulto
- Vai.
Tua ausência, dolente
- Vem…

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Ano Três