Suicida

Covarde, preguiçoso,
jogou sua vida no lixo,
trouxe-nos um azedo gosto,
por um simples capricho.

Covarde, preguiçoso,
queria um caminho mais fácil ?
Agora sofres em dobro,
imaturo, irresponsável.

Covarde, preguiçoso,
tão frágil e egoísta,
como pôde disperdiçar
a chance de viver esta vida ?

Covarde, medroso,
e quanta falta nos faz.
De nada adianta arrepender-se,
é tarde pra voltar atrás.

Covarde, medroso,
sua vista escureceu,
seu corpo enrijeceu,
você simplesmente desistiu.

Covarde, medroso,
sem perseverança.
Fraco, percebes agora
quão grande foi tua ignorância ?

Comentários

  1. é a JÚLIA.
    nossa tava pensando em quem quando escreveu?
    kskskksks

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Ano Três