Seu olhar

Seu olhar…
Que brilho carrega !
A Lua inveja
seu fulgurar.

Seu olhar…
Exala o aroma da mata,
possui o timbre das cataratas,
e a serenidade do mar.

Seu olhar…
Portas abertas…
E para ilhas desertas
irão te guiar.

Seu olhar…
Veio da terra,
de ares de guerra,
do sal e do ar.

Seu olhar…
Destruidor tão receoso,
Furtivo, fugaz, sutil e tão formoso,
Apenas um delicado mirar.

Seu olhar…
Inocente delator,
corpulento abarcador
da dor e do penar.

Seu olhar…
Tão puro e tão gentil,
tão gélido e tão sombrio,
silencioso expressar.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Ano Três