Anjo

Anjo meu, fica em paz,
pode ir, não olhe pra trás.
Eu não posso mais te ver,
então te deixo me esquecer.

Me diz, como não gostar de você ?
Como não desejar teu abraço ?
Como não pensar em você ?
Como não te querer do meu lado ?

Anjo meu, me desculpa,
se já não posso mais ser sua.
Nenhum outro em seu lugar,
mas você tem que superar.

Anjo, minha pior dor,
antes de não ter o seu sabor,
é saber que pensas em mim,
que também tem saudades assim.

Quase tão ruim é sentir,
é saber e, magoada, aceitar,
que para você voltar a sorrir,
outra você terá que amar...

E como eu te amo, te deixo ir,
é horrível ter que dizer
mas você ficará bem sem mim,
não precisas de mim pra viver.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Ano Três