Eu Amo Mais Você - Catedral



Depois dessa ventania, o temporal
Fez da nossa vida um mundo desigual
Qual é a tua?
O teu segredo?
Me diz como eu vou decifrar?

Minha verdade é absurda no plural
Mas, pra mim, honestamente, isso é normal
Na minha onda, teu oceano,
Me ensina como navegar

Eu amo mais você
Do que eu
Eu amo mais você
Do que eu

A tardinha as coisas mudam sem parar
E a gente fala muito por falar
Mas, de repente, a gente sente
Que tudo sobrou num olhar...

Penso infinitamente, sem parar
A verdade é transparente no mirar
Da tua retina, minha menina,
Me diz como não te amar?

Eu amo mais você
Do que eu
Eu amo mais você
Do que eu...

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Ano Três