Monotonia

   Dias inúteis, dias quietos, dias tão lentos,
   controlados em cada movimento…
   Cansada, afogada em ressentimentos,
   fico encarcerada em meus pensamentos…

   Se eu pudesse apenas fechar meus olhos,
   e não me importar com o que eu me importo,
   e se eu conseguisse enfim, ignorar
   cada punhal que arde e me faz sangrar…

   Oh, noites escuras, noites vazias,
   noites tão profundas, noites tão frias…
   E a Lua ? Tem caminhado tão sozinha !

   Tão cansada das mesmas companhias…
   Ah, queria poder ser assim, tão minha,
   e conseguir brilhar como ela brilha…

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Ano Três