Você chegou…

Você chegou de repente, do nada, com um jeito sem graça, como quem vem de longa estrada.
Você conquistou seu espaço e hoje, quando olho pro lado, você está ali parado, como sempre tem ficado.
Suas palavras verdadeiras, também nossas brincadeiras, necessárias bobeiras que nos tomam a tarde inteira… Me ajudam, iluminam, me guiam e compartilham de minha tristeza passageira.
Parando as rimas por aqui, embelezar palavras nem sempre torna os sentimentos mais verdadeiros, mais bonitos.
Mesmo quando você some, continua em toda minha oração, continua guardada em meu coração, não me deixando crer em total solidão. E você faz-me tanta falta, parece que você sente, o quanto eu fico brava, por que ninguém mais me entende…
O que tenho a dizer é que, independente do que acontecer, eu estarei aqui. Mesmo que venhas a me esquecer, eu estarei aqui.
Se olhar pra mim, poderás ver, eu estarei aqui.
Mesmo que você já saiba, pequena Bolota macabra (n/a: eu tinha que rimar aqui LoL’), eu te amo mais que tudo e não te deixaria por nada !

Pra “minha marida”, que anda sumida, aquela mulinha, minha aprendiz de Bolotinha.
Bjikas’

Comentários

  1. Ain, que lindo...
    Vc quer me fazer chorar, né, sua vaquinha...
    Te amo coisa louca e esquisita!
    Pra sempre, nem importa, nada importa... Só vc e eu, babe!

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Ano Três