Um dia…

… Se aprende a pensar,
e não somente a sentir.
Um dia, se esquece de chorar,
e se desaprende a sorrir.
Um dia, se aprende a voar,
por tanto desejar partir.
Um dia, se cansa de desculpar,
e de pedir por perdão.
Um dia, se deixa de amar,
e vive-se apenas de solidão.

Palavras ferem e matam…
Palavras, carícias que salvam.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Ano Três