He lost me since the time he said "I can't live without you".. Because there is no love that I believe, unless the one that I cannot have. After they all banalize the love like that, how did you expect me to keep believing ?
   To be honest, my dear, I'm divided in two halfs: there's one that still believing, and getting hurt, and missing the hugs, the warmth... And there's another that is tired.. Forever tired.
   I don't know which one I am for real. I don't know which part I'd rather to be.

Comentários

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. Oi, Nicole, adoro seu blog, vc escreve mto bem, ja pensou em ser escritora? O jeito q vc capta os sentimentos e os transforma em palavras é realmente fascinante. Tem cmo vc me passar o seu msn? Gostaria de trocar umas ideias com vc, adoro escrever tbem, mas queria dar uma melhorada e gostaria da sua ajuda. Bjs, se quiser passar o seu msn é so mandar um email pra marianalemosandrade@gmail.com

    ResponderExcluir
  3. Lindo texto ( isso não é novidade rs). Ah e eu concordo plenamnete com Mari ali em cima.xD.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Ano Três