Decalque

   O telefone desligado - assim não há nada para esperar.
   Receio ter a alma pequena - somada à vocação de querer abranger todos os sonhos do mundo, tudo aquilo que não possuo - somada à predisposição de pulsar onde não deveria, em momentos que não deveria - somada à pertinácia de lastimar sempre que os juncos mais lindos estão sempre mais longe do que posso alcançar - somada à infelicidade de saber que devo calar-me enquanto vislumbro, sob um banho, este universo costurar-se em nada - somada à minha inclinação em ser Quincas, o cão de Quincas - somada à minha sina... Talvez eu morra de tuberculose, julgando ser ideia fixa.
   Enfim, quem disse que a satisfação é muda ? Não, minha flor... Não busque uma acepção, entrevejo muitas lacunas... Do debate desta manhã, vislumbro a perspectiva de também buscar um indício que prove que sou forte - pra quê ?

Comentários

  1. Nicole, quanto tempo não escrevemos juntas.. precisamos atualizar noso blog hein! e a ideia das camisetas ainda está de pé! :D
    Menina eu te admiro muito, escreve muito bem, parabéns!

    ResponderExcluir
  2. Quanto pontos de interrogação e exclamação nos entopem, os paradoxos sufocam...Mesmo assim não paramos de respirar.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Ano Três